Detonados Dicas dos Jogos Games Personagens
Página Inicial

Capa

Galeria

Análises

Dicas

Detonado

 
ANÁLISE
 

SOM

                   
9

8.8

ótimo

Pontos Positivos
* Jogabilidade simples e funcional * Gráficos bem coloridos * Sons colocados nos devidos lugares * Campanha longa
 
Pontos Negativos
* Obrigatoriedade de ter 8 Skylanders, no mínimo, para zerar o game * Poucos desafios disponíveis * Não há modo online
GRÁFICOS
                   
9
DESAFIO
                   
8
JOGABILIDADE
                   
9
GERAL
                   
9
 
Análise do Jogo
por Paulo DB
            No dia 13 de fevereiro fomos surpreendidos com o anúncio do jogo Skylanders: Spyro's Adventure. Pelo fato do nome do Spyro estar no subtítulo pudemos deduzir que este se tratava de um novo jogo do Spyro.

            Novamente, a Activision muda de produtora para este jogo. A experiente Toys For Bob já estava desenvolvendo este jogo desde 2009, quando a Activision oficialmente passou a controlar tudo sobre Crash Bandicoot e Spyro the Dragon. Esta produtora foi responsável por vários jogos conhecidos como Madagascar, Pandemonium, Tony Hawk's, entre outros.

            Falando agora sobre as ideias da Toys For Bob para este jogo, o destaque vai para a quantidade de personagens que podem ser controlados pelo jogador: máximo de 32 personagens, sendo que inicialmente, poderemos controlar até 3. A inovação fica por conta da forma que escolhemos os personagens. A troca de personagens é feita colocando num portal de verdade (uma espécie de plataforma real) um brinquedo do personagem que queremos jogar. Por exemplo, se quisermos jogar com Spyro, basta colocarmos o boneco do Spyro sobre a plataforma e começamos a jogar; se quisermos trocá-lo, basta tirá-lo do portal e colocar outro boneco. Além disso, podemos aumentar os atributos dos personagens e utilizá-los em qualquer plataforma que seja jogado o game. O jogador poderá jogar com seu personagem sem perder seus atributos conquistados nas versões do jogo para PC, XBox 360, PlayStation 3, Wii ou Nintendo 3DS.

             Para criar Skylanders Spyro's Adventure a Activision procurou (novamente) talentos de Hollywood, segundo a USA Today: o designer de Shrek - Tom Hester, os escritores de Toy Story - Alec Socolow e Joel Cohen, e o compositor - Hans Zimmer.

            Falando sobre os destaques do jogo, um deles com certeza vão para os efeitos sonoros e as músicas. Hans Zimmer fez um excelente trabalho com a trilha do game. Cada música se encaixa perfeitamente com o ambiente mostrado naquela fase. Os efeitos sonoros ficaram simples mas convencem e fazem seu papel perfeitamente.

            Na parte gráfica, o jogo surpreende pela beleza técnica dos cenários que são bem coloridos e vivos. Há apenas um ponto negativo que ficou na parte visual do Spyro: ele, antigamente, tinha um visual mais carismático, porém agora está mais sério e com uma cara meio esquisita. Os demais personagens ficaram bem feitos, inclusive a Cynder que também está no game, mas não no pacote inicial, que possui um visual praticamente igual ao que ela tinha em The Eternal Night.

            Com relação à jogabilidade, podemos dizer que ela está bem simples, mas com um detalhe que frustrou muita gente: não existe um botão de pulo nas versões PS3, PC, XBox 360 e Wii. Somente na versão 3DS os personagens podem pular. A minha análise está voltada para as versões consoles, pois ainda não joguei a versão do 3DS, por isso, não posso dar uma opinião mais certa da jogabilidade nesse sistema. Fora esse detalhe de não poder pular, os outros comandos são simples e funcionam perfeitamente bem. O que pode incomodar é ter que ficar às vezes trocando de personagem toda hora, mas isso é uma coisa que não acontece com tanta frequência.

             No jogo você pode elevar os níveis de atributo dos personagens jogando desafios extras da personagem Cali ou coletando Chapéus (isso mesmo... chapéus) pelas fases para aumentar os atributos de determinada parte: armadura (resistência), poder elemental ou força dos ataques. Cada personagem é especializado em algum elemento principal. Os elementos são: Terra, Ar, Fogo, Água, Tecnologia, Morto-Vivo, Vida e Magia. Em cada classe elemental há 4 personagens, o que totaliza os 32 personagens do jogo. Além dos 32 personagens, há outros personagens especiais, que são versões melhoradas dos personagens oficiais, chamados de Lendários (Legendary). Pode ser um caça níquel da Activision, mas para quem curte, pelo menos adquirir a versão lendária do personagem favorito é uma adição legal ao jogo. Outra possibilidade que começou em "Dawn of the Dragon" é a de jogar a campanha no modo cooperativo com um amigo. Da mesma forma que no jogo citado, aqui você também não poderá jogar em tela dividida, sendo obrigado a seguir seu amigo nos cenários do jogo.

             Falando finalmente da história do jogo, ela é um tanto estranha, mas no decorrer da aventura você acaba até esquecendo que o início existiu. A história conta que Eon é o Mestre do Portal no mundo de Skyland. Os Skylanders são soldados que protegem Skyland das ameaças externas. O mundo de Skyland vivia em paz, quando um vilão chamado Kaos destruiu o Core of Light, a fonte de vida do mundo de Skyland. Essa ação do Kaos fez os Skylanders encolherem e virarem estátuas (no nosso caso, entenda como bonecos mesmo) e, segundo o próprio jogo sugere, nós temos que ajudar Skyland trazendo os Skylanders à vida e recolhendo Fontes dos 8 Elementos que formavam o Core of Light. Eon, após o ataque, foi banido do mundo de Skyland e se transformou num espírito que guia os Skylanders em sua jornada.

             E os pontos negativos? Eles existem mas, felizmente, são poucos. Posso citar entre eles a impossibilidade de mover a câmera para certos locais do cenário. Outro problema que não atrapalha muito, mas que seria uma adição bem divertida ao jogo, seria a possibilidade de jogar online, além de ter mais variedade nos modos de disputa competitiva e cooperativa. Um ponto que deixa a desejar e que frustrará muita gente é que, para completar o jogo com 100% você é obrigado a ter, no mínimo, 8 Skylanders diferentes, ou seja, comprar mais 5, sendo que um de cada elemento que você não tenha. Como no pacote inicial vem Spyro (magia), Gill Grunt (água) e Trigger Happy (tecnologia), você precisará comprar um personagem dos elementos: ar, terra, fogo, vida e morto-vivo. Confira na seção Personagens a lista com todos os personagens do jogo separados nas classes.

            No geral, a Toys for Bob e a Activision conseguiram criar mais um jogo divertido, porém mercenário, pois te obriga a gastar mais do que o faria se fosse comprar apenas a mídia. O jogo foi lançado em 16 de outubro de 2011 para PC, XBox 360, PlayStation 3, Wii e Nintendo 3DS.

 
ANÁLISES DE VISITANTES DO SITE
 
#02 - Data: 01/06/2013 - Identificação: Bruno Zilli

SOM

10 "As músicas são bem divertidas, combinando muito bem com cada fase."
GRÁFICOS 8 "Os cenários são muito bem feitos e bonitos, porém os personagens (principalmente os Skylanders) tem poucas animações e são mal feitos."
DESAFIO 9 "Algumas partes são fáceis demais e outras difíceis demais."
JOGABILIDADE 10 "Os controles são muito bons e o fato de não poder pular não atrapalha o jogo, já que as fases foram feitas pensando nisso."
  9.3
#01 - Data: 21/12/2011 - Identificação: Matheus Felipe, 13 - Tatuí/SP

SOM

10 "Os sons tem boa qualidade e adequação com o ambiente."
GRÁFICOS 9 "Ficaram bem coloridos, mas algumas partes ficaram meio 'quadradas'."
DESAFIO 10 "Não é muito difícil, mas também não é fácil."
JOGABILIDADE 8 "A impossibilidade de pular nos consoles fixos deixa o jogo complicado."
  9.3

Dragons & Bandicoots © 2001/2017 - Versão 15.0

Site desenvolvido e criado por Paulo Moreira (dragonsb). Os personagens mencionados neste site são marcas registradas de Activision, Inc. O site Dragons & Bandicoots não possui nenhuma ligação com a empresa mencionada.
Site hospedado por Webhost Brasil.