Menu fechado

O jogo Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex era para ser exclusivo do PlayStation 2. A Universal Interactive, em parceria com Mark Cerny estavam desenvolvendo o que seria o primeiro jogo do Crash na geração 128 bits, porém com o abandono de Mark Cerny do projeto (saída da Universal), a Universal Interactive (hoje Vivendi Games) não teve outra opção senão contratar uma empresa para produzir o game. Como todos sabemos, a escolhida foi a Traveller’s Tales que teve apenas 12 meses para produzir o jogo.

A foto a seguir é o único registro do possível game que a Universal Interactive e Mark Cerny estavam produzindo:


Recentemente o site Crash Mania publicou uma matéria contando sobre o que Mark Cerny, até então Universal Interactive e Jon Burton (Traveller’s Tales) gostariam que tivesse no game que estava sendo produzido do personagem Crash Bandicoot. Confira o protótipo do que seria mais tarde a fase “Crash and Burn”. Na realidade, esse vídeo não retrata exatamente o que apareceria no jogo. Esse era o projeto que Jon Burton apresentou à Universal Interactive antes de decidir aceitar a produtora para o jogo.