Menu fechado

Ficha Técnica

Produtora(s):Eurocom, Cery Games
Publicadora(s):Sony Computer Entertainment
Plataforma(s):PlayStation
Gênero(s):Party
Modo(s):Adventure: 1 ~ 2 Jogadores
Battle e Tournament: Até 4 Jogadores
Data(s) de Lançamento:06/11/2000 (EUA)
01/12/2000 (EU)
14/12/2000 (JP)
Acessório(s):Memory Card 1 bloco – Multitap
Título(s) Alternativo(s):Crash Bandicoot Carnival (JP)

Detonado

Dicas e Códigos

História

Uka Uka e Aku Aku estão brigando para decidir quem fica com os cristais do poder. É nessa hora que Uka Uka tem a idéia de os dois montarem dois grupos e disputar em jogos para decidir quem fica com os cristais… Aku Aku aceita.

Mas, algo está errado. A equipe de Uka Uka tem 6 componentes enquanto a de Aku Aku tem apenas Crash e Coco, então Aku Aku escolhe dois integrantes da equipe de Uka Uka para integrar seu grupo. São eles: Tiny Tiger e Dingodile.

Então, a formação final das equipes ficou assim: Equipe do Mal (Uka Uka) – Cortex, Nitrus Brio, Koala Kong e o estreante Rilla Roo. Equipe do Bem (Aku Aku) – Crash, Coco, Dingodile e Tiny Tiger.

Análise

por Paulo Moreira – revisado em 13/12/2016

Após os grandes sucessos da Naughty Dog com o Crash Bandicoot, a Universal Interactive dá a Eurocom a responsabilidade de criar um novo game para o marsupial da Sony.

Em 2000 é lançado Crash Bash que apresenta gráficos muito pobres e com poucas inovações… Os personagens não possuem muitas animações e parece que estão o tempo inteiro sorrindo. O que continua muito bom são os efeitos sonoros, mantendo a essência dos jogos anteriores.

A jogabilidade e a diversão são pontos altos dessa produção. Você vai dar muitas gargalhadas durante o jogo em algumas fases. Porém em outras você vai querer jogar o controle longe, pois o desafio está extremamente alto neste jogo.

O jogo apresenta três modos de jogo: Adventure – jogue sozinho ou com um amigo contra outros adversários em busca de troféus, jóias, cristais e relíquias; Arcade – jogue com até 3 amigos em disputas para passar o tempo; Tournament – jogue um torneio sozinho contra a máquina ou contra 3 amigos em 7 Copas para ver quem conquista o pódio. Cada tipo de minigame possui um grupo que o caracteriza: Crate Crush são fases em que o objetivo é derrotar os adversários jogando pedras e TNTs nos adversários; Polar Push apresenta fases em que os personagens ficam montados em ursos polares com o objetivo de empurrar os adversários para fora de um iceberg; Pogo Pandemonium são fases cujo objetivo é fazer o maior número de pontos saltando em quadrados coloridos; Ballistix são fases cujo objetivo é jogar bolinhas no gol adversário; Tank Wars apresentam fases de tanque, como o nome diz, cujo objetivo é destruir os tanques adversários; Crash Dash são fases de corridas ovais; Medieval Mayhem apresentam fases de estilos diversos com a temática medieval – nesse grupo temos desafios para estourar balões, quebrar caixas usando pavio de um barril de pólvora, amassar cogumelos com marreta e tiro ao alvo.

Crash Bash, no geral, é um jogo bom, mas não é tudo que esperávamos para um jogo de Crash Bandicoot… Mancada da Eurocom!

Som
9
Gráficos
6
Desafio
9
Jogabilidade
10
Geral
8

Nota do Site

8.4

Ótimo

Pontos Positivos

Pontos Negativos

Análises dos Visitantes do site

8.0
 (11)

#11 – Data: 24/08/2014 – Identificação: Cassio (em 15/11/2018)

Som9“As músicas são muito boas e se encaixam de acordo com o estilo de cada fase. O jogo conta com remixes de jogos anteriores.”
Gráficos6“Os gráficos e as animações são bem inferiores comparando aos jogos anteriores produzidos pela Naughty Dog. Lançado no final da vida útil do PlayStation, a Eurocom poderia ter aproveitado o poder do console.”
Desafio10“O jogo consegue ser fácil em alguns momentos e muito difícil em outros, exigindo habilidade do jogador para coletar alguns itens como o cristal da fase Pogo Padlock, por exemplo.”
Jogabilidade9“Os controles são bons, cada fase tem uma jogabilidade diferente, o que torna o jogo mais divertido.”
8.0

#10 – Data: 07/07/2013 – Identificação: João Victor

Som9“Bem bons, só que repetitivo.”
Gráficos7.5“Ridiculamente, quem tira o Polar, Pura e N. Gin para colocar “Rilla Roo”, e mais, buga demais com o Rilla Roo. Tirando isso, para a época, foi uma nota 9.”
Desafio9“Meu maior desafio foi aceitar a saída do N.Gin para a entrada do ”Rilla Roo”…Tirando isso, é ótimo.”
Jogabilidade0“Vish… TERRÍVEL! Quem utiliza o botão Triângulo para os personagens ficarem fazendo pose, e ainda, as fases com 2 botões que fazem a mesma coisa, ferra tudo.”
6.4

#09 – Data: 03/01/2013 – Identificação: “Planeta Gamers”

Som6.5“O som tá horrível, as músicas nem se fala.”
Gráficos1.5“Com a nova produtora, ao invés dos gráficos melhorarem eles pioraram ficaram piores que o Crash 1.”
Desafio8.5“Tem certas fases que são difíceis, mais também tem fases que são fáceis.”
Jogabilidade7“No jogo, as fases têm jogabilidades diferentes.”
5.9

#08 – Data: 15/12/2011 – Identificação: Felipe João Bottamedi Nunes

Som8.5“Os sons não são tão bons que nem os sons dos Crash anteriores.”
Gráficos8“Gráficos fracos comparados ao Crash 3 e ao CTR.”
Desafio10“Desafios difíceis, quando se quer chegar a 100%.Tanto multiplayer tanto o modo em um.”
Jogabilidade10“Jogabilidade muito boa.Crash Bash é uns do meus preferidos da série.”
9.1

#07 – Data: 14/05/2011 – Identificação: Artur Scurciatto Sutto

Som9“Os sons são mesmo excelentes.”
Gráficos7“Os gráficos são horríveis no vídeo inical e no Warp Room.”
Desafio8.5“O jogo é um pouco fácil e um pouco difícil. É difícil nas fases do gelo.”
Jogabilidade9.5“É um pouco difícil quando você tem que rebater as bolas sem o poder de quicagem.”
8.5

#06 – Data: 01/12/2010 – Identificação: Fagner da Luz dos Santos (em 05/04/2015)

Som8“Em relação aos jogos da Naughty Dog, os sons não estão tão bons, mas ainda assim fiéis ao estilo da série, com direito a remixes de músicas de jogos anteriores.”
Gráficos5“Em 2000 já era possível fazer até bruxarias com os gráficos no PSone e Crash Bash parece ter regredido no tempo. A Eurocom poderia ter melhorado os gráficos e as animações sem problema algum, o PSone tinha capacidade e espaço no disco do jogo ainda havia de sobra, já que o jogo é bem leve. Eu não ligo para isso, mas como estou analisando, minha obrigação é dar a nota que acho mais justa.”
Desafio10“Se eu pudesse, daria uma nota até maior, esse jogo é fantástico quando o tema é desafio, esse jogo pode ser considerado um mestre, e como eu gosto disso, é o jogo perfeito. É tipo de jogo que não enjoa nunca e sempre há um desafio independente da experiência do jogador, é aquele jogo que satisfaz o ego quando se chega aos 200% a ponto de fazer você ficar feliz o resto da semana, do mês e até do ano, contando para todo mundo sua façanha.”
Jogabilidade10“Um dos melhores jogos party que já joguei, Crash Bash tem minigames muito bem bolados e divertem a todos, mais ainda com o multiplayer de 4 jogadores com o Multitap. Muito bom Eurocom!”
8.3

#05 – Data: 24/08/2010 – Identificação: Patrick Lebrand

Som9.5“Não gostei daquela voz que aparece no final de uma batalha, falando o nome do vencedor, deveria também aparecer a mensagem, por exemplo: “Cortex Wins!”
Gráficos8“Não ficaram lá essas coisas, e não obedeceram aos personagens como nas versões anteriores. Cortex ficou muito baixinho (tudo pode ter sido um inicio para os próximos jogos, até Twinsanity).”
Desafio9.5“O jogo é difícil (para ser sincero eu estou até agora tendo passar de Desert Fox (WR2)), porém a idéia de colocar por exemplo além dos troféus, ter que ganhar algumas gemas e alguns cristais para enfrentar um chefe foi muito legal.”
Jogabilidade9“Cortex e Nitrus Brio atacando com aquela arma, parece mais que estão usando uma arma de choque, tudo para não dar vantagem a nenhum personagem.”
9.0

#04 – Data: 02/08/2007 – Identificação: Caroline Miranda

Som5“Para falar a verdade, achei um pouco ‘tosco’ pelo fato dos personagens jogáveis não falarem e só rirem… eu gostaria mais se eles falassem algo engraçado ou pelo menos algo… por outro lado as músicas são legais, acho minha nota justa.”
Gráficos3“Horríveis, os personagens são muito estranhos, não só graficamente como esteticamente.”
Desafio6“Para falar a verdade é difícil completar o jogo, ele chega ao ponto de irritar a gente, sabe… não pretendo jogá-lo tão cedo. Se ele fosse mais trabalhoso do que difícil, seria bem melhor. Nem 8 nem 80, né?”
Jogabilidade10“É boa… nenhum defeito!”
6.0

#03 – Data: 01/10/2005 – Identificação: Gerson Catapano

Som10“Ótimos, principalmente em Crash Ball.”
Gráficos9“Bem ruinzinhos, mas não péssimos!”
Desafio10“Excelentes mini-games.”
Jogabilidade10“Tão boa que até aparece as regras na tela inicial.”
9.8

#02 – Data: 17/09/2005 – Identificação: Fabio Gava Dalcin

Som9“Os efeitos sonoros são ótimos, nas fases estilo CRASH BALL é bem realista.”
Gráficos5“Pra falar um português bem claro, ficaram uma porcaria.”
Desafio7“Esta difícil demais, só que é bem mais fácil no modo 2 players.”
Jogabilidade10“São bem fáceis de aprender, sempre que começa uma partida eles mostram os comandos.”
7.8

#01 – Data: 25/07/2005 – Identificação: William Athanazio

Som10“Ficaram muito bem caprichados, principalmente as vozes dos personagens e as músicas do jogo.”
Gráficos7“Os gráficos são muito ruins. Um jogo do Crash Bandicoot não merecia isso.”
Desafio10“Os desafios do jogo são excelentes,com mini-games bem divertidos.”
Jogabilidade10“É muito fácil de controlar.”
9.3